Maduras

Os autossexuais: ‘Me sinto mais atraída por mim mesma do que por qualquer outra pessoa’

Encontros sexuais 58985

E é sobre isso que eu queria conversar com vocês. Daniel Munduruku: Como? Daniel Munduruku: Com um cara bonito. E as pessoas insistem em me chamar dessa maneira.

Em vez disso, acharam engraçado o que eu dizia e continuaram fazendo piadas sobre eu ser obcecada por mim mesma. Ri junto com elas, mas por dentro eu estava me perguntando o que havia de errado comigo. Essa foi a primeira vez que percebi que sou sexualmente atraída por mim de uma forma diferente da maioria das pessoas. Hoje, estou acostumada a me sentir assim.

Foram quase 2 anos, entre muitas idas e vindas, bem conturbado. Eu sempre fui gorda. Ou gordinha. Ou fofinha. Tive fases magras, mas no grosso sou gorda desde a infância.

Ele, do próprio modo que o racismo, o machismo e a homofobia, é estrutural. Então que eu acho muito interessante um blog quanto o de vocês aclarar extensão para isso, para que a pessoal construa o nosso feminismo. As pessoas com deficiência passaram muitos anos em um processo em luta por direitos. Ou seja, em algum momento da tradição o feminismo caminhou ligado com a deficiência.

Leave a Comment